Notícias

 

A segunda sexta-feira do mês de agosto será marcada por paralisações em todo o Brasil. O dia 10 de agosto, organizado pelas Centrais Sindicais, será o Dia Nacional de luta contra o desemprego e repúdio às deformas de Temer e à precarização do trabalho.

 

O período de eleição está próximo e o movimento sindical irá cobrar, inclusive, dos candidatos medidas que possam reativar a economia e gerar empregos. Como o desemprego atinge toda a sociedade, as Centrais esperam reunir, no Dia 10, trabalhadores, Instituições e entidades como a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), entre outras.

 

Em São Paulo a concentração vai acontecer a partir das 10h em frente à FIESP, na Avenida Paulista, local que foi palco simbólico do golpe e a perseguição que se deu aos trabalhadores a partir dele. Estamos pagando o pato desde então.

 

Nova plenária das centrais foi marcada para o próximo dia 25, no Dieese, para acertar detalhes das manifestações.

 

 

Hashtags: