Notícias

A VIVO vem se comportando de forma ardiolosa nas reuniões de negociações. Por um lado, vemos que seus resultados são excelentes, MAS suas propostas aos trabalhadores até o momento são ridículas e nada condizem com a sua posição no mercado.

 

Foi publicada a inflação de setembro: 3,28% (INPC). E a empresa insiste em oferecer um reajuste abaixo disso. É INADIMISSÍVEL. Segue a proposta:

 

• Correção salarial: 2,3% (70% do INPC) a partir de 1º de julho de 2020;

• Abono: 25% do salário nominal.

• VA/VR e demais benefícios: 2,3% a partir de março de 2020, exceto Cesta Básica e Locação de Veículos;

• Eliminar a Cesta Básica: incorporação de 50% do valor no salário nominal e nos pisos a partir de janeiro de 2020;

• Plano Médico: implantação do desconto da mensalidade de 1,5%, limitado a R$ 600, a partir de julho de 2020;

• Banco de horas: ampliar a compensação para 180 dias e implantar na equipe de campo.

 

A negociação com a VIVO está tensa! Primeiramente, estamos lutando contra a precarização dos benefícios. Além disso, insistindo por uma proposta decente que possa ser apresentada aos trabalhadores.

 

Sabemos que a empresa tem condições de apresentar uma proposta melhor e que reconheça a dedicação de todos. Afinal, estamos falando da maior operadora de telecomunicações do Brasil.

 

Uma nova reunião será marcada para continuar a negociação.

 

Hashtags: